Depois de listar sua necessidade principal, para qual finalidade será utilizada a máquina, quantas xícaras em média deverá servir e seu nível de habilidade para extração de café; chegou a hora de saber qual a máquina de café adequada para você de acordo com as suas respostas.

Máquinas Automáticas

As máquinas automáticas não requerem conhecimento apurado e limitam o envolvimento humano em abastecê-las com água filtrada e grãos de café. Daí em diante o processo acontece por um aperto de botão: a máquina vai moer os grãos e extrair a bebida diretamente na xícara. A praticidade e rapidez são os pontos fortes desses modelos que produz um café muito satisfatório.

Há modelos automáticos que agregam uma série de outras bebidas, como espresso com leite, café solúvel e cappuccino, para atender também outros tipos de consumidores.

Máquinas Profissionais

Para um café espresso de qualidade mais apurada, é preciso direcionar sua escolha para os modelos de máquinas profissionais – que exigem conhecimento e habilidade para serem operadas corretamente. Nesses modelos todos os elementos devem estar em sintonia, como moagem, compactação do pó, tempo de extração e outras características. Há cursos de barista, por exemplo, que visam o desenvolvimento da habilidade para controlar esses elementos.

Além desses dois tipos principais que classificam as máquinas de café, outra dica é basear sua escolha pela marca do equipamento, que também é uma garantia de extração de doses consistentes e cremosas, com baixa manutenção. Este é o caso das marcas italianas Saeco, Bianchi, Gaggia e LaSpaziale, que carregam material e know how adquiridos, compensando assim a relação qualidade x preço.

Se ainda assim você não tem certeza sobre qual tipo de máquina adquirir, você pode alugá-la antes de comprar. A New Coffee Machine oferece este serviço, pois sabe a importância de uma compra consciente. Seja para alugar ou para comprar, faça-nos uma consulta, temos especialistas prontos para te orientar na sua decisão.

Outro detalhe importante é que para cada máquina ou tipo de preparo, existe o ideal. Esta escolha também é importante pois um grão de baixa qualidade pode significar um café ruim.